Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
27/08/2021

Em  transmissão, ao vivo, pelo Facebook da Prefeitura de Gravataí, na manhã desta quinta-feira, 26, a população teve a oportunidade de participar do lançamento do programa Startup Gravataí, uma ação da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia (SMICT), em parceria com o Sebrae. A assinatura do 1º Ciclo de Aceleração de Startups do município foi conduzida pelo prefeito Luís Zaffalon. "Estamos vivenciando uma época em que praticamente toda a nossa vida é pautada em tecnologia e não fazia sentido Gravataí não estar inserida neste contexto, já que é uma cidade de muitas potencialidades. Nosso governo é indutor de inovação, propondo legislações, desburocratizando trâmites e fazendo tudo o que é possível para incentivar essa nova forma de se trabalhar, no mundo atual”, disse Zaffa.


Logo depois de destacar a importância desse momento para os gravataienses, o prefeito Zaffa recebeu, em reunião on-line, a presença do secretário de Inovação do Rio Grande do Sul, Luis Lamb, que deixou os seus cumprimentos aos presentes e ressaltou a importância de fomentar iniciativas, como essa, que tenham como objetivo a aceleração de Startups. “Inovação é aquilo que traz qualidade de vida, acelera nossas cidades e traz oportunidades de felicidade para as pessoas”, destacou o secretário Lamb.


Para a secretária de Inovação de Gravataí, Selma Fraga, o lançamento do primeiro ciclo de aceleração de startups para empreendedores que desejam amadurecer seu modelo de negócios é um ato marcante para o ecossistema de inovação da cidade. “Programas de aceleração como este são fundamentais para que o município possibilite a criação de centenas de Startups e oportunize aos cidadãos tirar as ideias do papel e transformar Gravataí na cidade do futuro”, enfatizou a secretária. O presidente da Câmara, vereador Alan Vieira, destacou que o momento marca o compromisso da cidade com este segmento. “A inovação chegou de fato em Gravataí.”


O CEO da startup Suiteshare (fundada em Gravataí e case de sucesso no Brasil), Maicon Ferreira, representando as empresas presentes, falou sobre a relevância da aceleração no processo de crescimento de uma startup. “Este é o passo mais importante no ciclo de uma startup”, definiu Maicon, que disse não existir segredo para o sucesso, mas, sim, passos a serem seguidos. “Aproveitar as oportunidades e ter força de vontade para persistir são alguns deles.” Para o vice-prefeito Dr. Levi Melo, com o surgimento da SMICT, o processo acelerou. “Gravataí hoje é um celeiro de Startups”, destacou ele.


O prefeito Zaffa direcionou a reunião para o momento da assinatura do programa, reafirmando como é fundamental para as startups receberem o direcionamento certo e as dicas corretas, agradecendo, em seguida, ao gerente da regional metropolitana do Sebrae/RS, Paulo Bruscato, pela parceria. “Encontramos, em Gravataí, visão estratégica e atitudes que olham para a inovação”, destacou Bruscato, afirmando ainda que o Sebrae colaborará com o município “trazendo todo o seu conhecimento e tecnologia já desenvolvida”. “Vamos avançar!”, completou.


Também participaram do ato, o presidente em exercício da Associação das Empresas e Profissionais de Tecnologia da Informação do Vale do Gravataí (AGTI), Henrique Antônio Gerstner, a CEO da startup Prakaranga, Daiana da Graça Godinho, os co-founders da startup Green Club, Heitor Aiquel Campana e Nikolas Bitello Winck, e os sócios-fundadores da startup Green Way for Automotive (GWA), Wladi de Souza e André Britto.


O que é o Programa Startup Gravataí?


O Programa Startup Gravataí, em parceria com o Sebrae-RS, busca desenvolver e capacitar startups, conectando-as ao ecossistema de inovação, gerando negócios entre elas e ligando estas a possíveis investidores.


A iniciativa terá quatro meses de duração em dois encontros semanais e contará com mentorias coletivas e individuais, ferramentas e conteúdos, além de conexão com aceleradoras e investidores anjo.


Podem participar Startups Early Stage que estejam na fase de Modelagem, faturando ou não. Ao todo, 20 startups serão selecionadas e encaminhadas à primeira turma do programa.


A primeira etapa da seleção é feita por meio de requisitos como modelo de negócio, estágio, time, disponibilidade de participar do programa, fit problema/solução, inovação.


Conteúdo e capacitação


Soft Skills

Hard Skills

Mentorias Individuais

Mentorias em Grupo

Masterclass com temas e consultorias


Acesso a capital


Encontros com aceleradoras e investidores anjo

Visibilidade e Conexões

Acesso ao Ecossistema do RS

Acesso aos parceiros

Eventos semanais


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------


 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine