Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
23/08/2021

No  dia 20 de agosto de 1966, há 55 anos atrás, um grupo de agricultores do Distrito de Mauá, Ijuí, reuniu-se para fundar a Ceriluz e lutar por uma necessidade básica na época, a luz para iluminar suas noites. Provavelmente eles não imaginavam que sua iniciativa garantiria hoje a energia para mais de 15 mil associados, que já não a usam mais apenas para iluminar, mas praticamente para tudo, 24 horas por dia.

Foi um período longo, de muitos desafios, conquistas e algumas derrotas também, mas que serviram para fortalecer a Cooperativa e o seu associado. Nos 55 anos de sua história a Ceriluz, por meio de investimentos e estratégias de suas diretorias e colaboradores, qualificou a distribuição e a geração de energia na região, de modo que o associado hoje possa investir em suas atividades, com segurança e tranquilidade. Enquanto que nas primeiras três décadas o foco esteve na construção de uma rede básica de abastecimento, os últimos 25 anos obrigaram diretores e colaboradores a repensarem suas ações e apostar na estruturação das redes, considerando o aumento da demanda dos associados e o papel que essa energia ganhou.

A partir disso, a Ceriluz melhorou suas redes, implantou subestações e construiu usinas, trazendo uma segurança até então inimaginável para a região e, especialmente, para o associado, que hoje pode investir, sem medo, mesmo agora, quando se fala tanto em crise hídrica no Brasil. “Será nesses momentos mais difíceis que o nosso associado vai sentir o resultado da infraestrutura que a Ceriluz tem hoje”, garante o presidente, Iloir de Pauli. Segundo ele, mesmo que haja racionamento de energia no país, essas estruturas impedem que as redes de energia da Ceriluz sejam desligadas. “Se caso acontecer do Ministério de Minas e Energia decidir por um racionamento de energia no Brasil, nossa região poderá ser afetada sim, mas a Ceriluz construiu estruturas, redes alimentadoras, subestações e usinas, e jamais será desligada uma rede onde houver uma usina gerando energia”, defende.

Para comemorar seus 55 anos a Ceriluz quer apresentar ao associado essa infraestrutura construída. Além de eventos que estão sendo preparados para reunir associados assim que possível, a partir dessa sexta-feira, dia do aniversário, a Cooperativa lança uma campanha em suas redes sociais, com destaque para uma série de reportagens, composta por onze vídeos, onde vai apresentar o complexo que hoje compõe o grupo Ceriluz e que garante a excelência no abastecimento de energia. Destaque para as redes, subestações, usinas, a sede estratégica e, ainda, o trabalho com o fornecimento de internet fibra óptica, o novo grande desafio abraçado pela Ceriluz e que reprisa o que aconteceu na época em que a Ceriluz começou a fornecer energia, ou seja, prestar um serviço essencial que as grandes empresas do setor não prestavam no meio rural, pelos altos custos.

“Esse trabalho estratégico, das diretorias e seus colaboradores, nos levou a um momento onde podemos falar, com clareza, que nosso associado tem uma segurança como nunca antes na distribuição de energia, o que é essencial para que ele possa seguir investindo na sua propriedade, na sua empresa, gerando desenvolvimento”, comemora Iloir. Segurança que vem se refletido na confiança do associado. “O reflexo desse trabalho se deu novamente na Pesquisa Aneel de Satisfação do Consumidor, onde nossos associados nos deram uma excelente nota, nos colocando novamente entre as melhores distribuidoras de energia do Brasil”, afirma Iloir, se referindo à conquista do Prêmio Aneel de Qualidade 2020, como melhor Permissionária Acima de 10 mil Unidades Consumidoras, com uma aprovação de 84,38%, e de segunda melhor distribuidora do Brasil.

Para acompanhar a campanha e conhecer esse trabalho o associado deve inscrever-se no canal do Grupo Ceriluz no youtube ou seguir a Cooperativa no Facebook e/ou Instagram, onde os vídeos serão periodicamente divulgados.


 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine