Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
25/06/2021

Ao  iniciar a série de agendas na Serra nesta sexta-feira (25/6), o governador Eduardo Leite vistoriou a VRS-813, entre os municípios de Garibaldi e Farroupilha. A rodovia é uma das primeiras a ser recuperadas com recursos do plano de obras 2021-2022, um dos projetos do programa Avançar, anunciado no início de junho.

“A primeira metade do governo foi especialmente de ações até antipáticas para podermos arrumar as finanças e equilibrar as contas do Estado. Hoje, pagamos hospitais, funcionários e fornecedores em dia, e começamos a apresentar resultados concretos, como a repavimentação da VRS-813, que estava completamente deteriorada, e que recebe, dentro do nosso plano de obras de R$ 1,3 bilhão de investimentos, R$ 3,5 milhões para recapeamento total e sinalização. Será praticamente uma estrada nova para a população, que há pelo menos 20 anos não via melhorias significativas aqui”, disse o governador.
Iniciados em 11 de junho, dois dias após o anúncio do plano de obras, os serviços vão melhorar as condições de trafegabilidade de 6,9 quilômetros da estrada. As atividades destinadas às melhorias do Desvio Blauth começaram no km 8,4 e prosseguem até o km 16,4. Serão retirados cerca de cinco centímetros do asfalto danificado, substituído por novo material.
Morador da região e proprietário de um restaurante no trecho que está sendo trabalhado, o empresário Maicon Benini esperava pela obra há pelo menos 20 anos. “Era uma rodovia totalmente largada, sem sinalização. Estamos muito gratos por esse olhar e por essa obra, que não será nem pra mim nem pra vocês, mas para toda uma população”, enfatizou.

No total, serão aplicados mais de R$ 39 milhões na manutenção de 275 quilômetros de estradas da região. Além da VRS-813, o plano de obras contempla ações de conservação em outras oito rodovias da Serra.

"Reconhecemos a importância desta estrada para a economia do RS, pois se trata de um caminho fundamental para o transporte da produção de vinhos e de espumantes da Serra. Além disso, é uma rota turística que incentiva a preservação da cultura italiana no Estado. Por isso, destinamos R$ 3,5 milhões para a recuperação dessa estrada. Em breve, a população terá uma VRS-813 renovada, com asfalto em melhores condições de tráfego e sinalização para a segurança dos usuários”, detalhou o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella.
O prefeito de Garibaldi, Alex Carniel, detalhou a relevância da intervenção para os moradores das cidades. “A VRS-813 é uma estrada de enorme importância para a nossa região. É muito utilizada diariamente pelos garibaldenses, farroupilhenses e barbosenses que fazem esse trajeto principalmente para o deslocamento ao trabalho. Além disso, dá acesso ao parque da Fenachamp, importante evento de Garibaldi e da Serra. A recuperação desta rodovia vai ajudar também a desafogar a ERS-122, outro acesso a Farroupilha e Caxias”, explicou, ao agradecer ao governador pela sensibilidade de incluir a estrada no plano de obras.

Confira os trechos:
• RSC-453 (contorno de Caxias do Sul, Bento Gonçalves a Farroupilha, Lajeado Grande a Tainhas e acesso oeste a Caxias do Sul);
• ERS-122 (Farroupilha –Caxias do Sul e São Vendelino–Farroupilha);
• ERS-446 (São Vendelino–Carlos Barbosa);
• VRS-851 (Serafina Corrêa ao rio Carrero);
• ERS-126 (Ibiraiaras–São Jorge);
• ERS-020 (Cambará do Sul–Taquara);
• ERS-110 (Várzea do Cedro–Bom Jesus);
• ERS-444 (Monte Belo do Sul).


 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine