Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
04/06/2021

O  presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, esteve reunido, na tarde desta quarta-feira (02), com o presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, desembargador Voltaire de Lima Moraes. O encontro ocorreu na sede do Tribunal e também contou com a presença do conselheiro seccional Leonardo Lamachia e da 1ª vice-presidente do TJRS, desembargadora Liselena Schifino Robles Ribeiro.

A pauta geral da reunião centralizou a retomada dos processos físicos e dos próximos passos para a sua total digitalização. Na oportunidade, Breier visualizou o empenho do Tribunal na resolução das dificuldades geradas pelo ataque hacker e destacou o retorno das atividades presencias do judiciário gaúcho: “Estamos aqui para ouvir da administração do Tribunal como anda a situação da digitalização dos processos físicos, que muito nos interessa, para poder informar à advocacia e superar o caso de vez ”, disse.

“Entendo que estamos progredindo, mas a advocacia ainda está passando por um momento de extrema dificuldade e precisa de um encaminhamento propositivo e real. Precisamos de avanços em um curto espaço de tempo para retomar o acesso à justiça e trabalhar com as demandas da cidadania, que estão represadas”, completou o presidente da Ordem gaúcha, ao alertar sobre a realidade da advocacia ao desembargador.

Ao ouvir a posição de Breier, Voltaire relatou como está ocorrendo a contratação de novas empresas para realizar o serviço. Ele explicou como se deu a divisão do Estado em cinco lotes regionais e a divisão do plano em três fases: pré-cadastro, digitalização e indexação. De acordo com o presidente do TJRS, as licitações estão sendo concluídas, e uma nova fase está prestes a iniciar: “Entendo as dificuldades enfrentadas pela advocacia, e estamos fazendo o possível para concluir esse procedimento de forma mais célere possível”, afirmou.

Ao final do encontro, Ricardo Breier reforçou a importância da conclusão da transformação dos processos físicos em versões 100% eletrônicas para a advocacia e para a cidadania: “Ansiamos pela ampliação do processo de digitalização dos processos físicos e, consequentemente, pela movimentação desses mais de dois milhões de processos, pois a advocacia e a cidadania necessitam da prestação jurisdicional”, finalizou.

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine