Porto Alegre,
 
        
 
       
Agenda
Artigos
Assembleia Legislativa
Canoas
Famurs
Federasul
Governo do Estado
OAB
Prefeituras
 



 
  
 
 
16/09/2019

  Em solenidade no Salão Júlio de Castilhos, na manhã desta segunda-feira (16), o presidente do Conselho de Acionistas e fundador do Grupo Editorial Sinos, Mário Alberto Gusmão, recebeu a Medalha do Mérito Farroupilha. A entrega e a proposição foram feitas pelo deputado Issur Koch (PP).

O proponente da homenagem disse que hoje era uma data muito especial para quem acredita na democracia, na liberdade de imprensa e na livre iniciativa. "Para mim, que tenho a alegria de ter indicado o nome de Mário Gusmão para receber a mais alta honraria do Parlamento gaúcho, é isso que este ato representa: uma homenagem a um democrata e um empreendedor", elogiou Issur. O parlamentar destacou algumas das bandeiras levantadas pelo Grupo Sinos ao longo de sua história, concentrando-se nos projetos ligados à educação, como a criação da Aspeur, que deu origem à Feevale, e o NH na Escola.

Ao iniciar seu discurso, o empresário defendeu o Parlamento e a Imprensa como pilares da democracia. Homenageou o irmão Paulo Sérgio, já falecido, que fundou o Grupo Editorial Sinos junto com ele. Gusmão falou da trajetória do Grupo Sinos. "Escrevemos nos princípios da empresa que nossas ações ao lado de informar e de opinar deveria ser a de ajudar a construir, papel que entendemos que a imprensa deve exercitar aproveitando seu poder de comunicação", afirmou. Citou ainda algumas das bandeiras defendidas ligadas à educação, saneamento, saúde e infraestrutura, destacando as atuais em prol da extensão da BR-448 até Portão e a construção do Aeroporto 20 de Setembro. Por fim, dirigindo-se aos parlamentares, defendeu que é preciso apoiar mais os empreendedores, cooperativas e entidades hospitalares, educacionais, esportivas, entre outras, pois são elas que geram emprego; e também melhorar as condições de vida da população.

Também o deputado federal Lucas Redecker (PSDB/RS) manifestou-se durante a solenidade, destacando que a homenagem da Assembleia gaúcha a Gusmão foi justa e merecida.

Além de familiares, amigos e colaboradores do Grupo Sinos, estiveram presentes na solenidade as secretárias estaduais da Comunicação, Tânia Moreira, e do Trabalho e Assistência Social, Regina Becker; o reitor da Feevale, Cleber Prodanov; o diretor-executivo da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha, Marco Aurélio Kirsch; o prefeito de Montenegro, Carlos Eduardo Müller; o presidente do PP/RS, Celso Bernardi; além de representantes da ARI e da Agert, entre outros.

Homenageado
Natural de São Leopoldo, Mário Alberto Gusmão fundou o Grupo Editorial Sinos com o irmão Paulo Sérgio Gusmão há 62 anos. Nesse período, a empresa passou a figurar entre as 15 maiores do setor no país. Atualmente, seus oito jornais, três revistas, sete sites, emissora de rádio, WebTV e demais negócios abrangem 45 municípios do RS, incluindo a Região Metropolitana de Porto Alegre, Vales do Sinos, Caí e Paranhana, Serra e parte do Litoral.

O destaque é para o Jornal NH, fundado em 19 de março de 1960. O veículo diário é líder no chamado jornalismo hiperlocal e teve média de 48 mil assinantes no primeiro trimestre de 2019, conforme o Instituto Verificador de Comunicação (IVC). É o maior jornal do interior do RS em número de assinantes e o maior diário brasileiro baseado fora das capitais.

Entre as bandeiras levantadas pelo Grupo ao longo de sua história estão a criação da Universidade Feevale, a Feira Nacional do Calçado, o apoio à indústria coureiro-calçadista, a duplicação da BR-116, a duplicação da RS-239, a municipalização da água em Novo Hamburgo e a implantação da central de telefones automáticos no município, a construção de diques contra cheias, a construção do Viaduto Scharlau e a preservação do Museu do Trem, em São Leopoldo, além da participação decisiva na construção do viaduto Boqueirão, na BR-116, em Canoas, o primeiro lote da BR-448 e a extensão do Trensurb até Novo Hamburgo. Atualmente, Gusmão sugeriu duas novas mobilizações: o Aeroporto Internacional 20 de Setembro e a Extensão da BR-448 até Portão.

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine