Porto Alegre,
 
        
 
       
Agenda
Artigos
Assembleia Legislativa
Famurs
Governo do Estado
OAB
 



 
  
 
 
08/05/2018

No  fim da manhã desta terça-feira (8), o 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nelsinho Metalúrgico (PT), instalou a Comissão Especial para analisar a oferta de Educação de Jovens e Adultos (EJA) no sistema estadual de ensino, bem como o cumprimento das metas 11 e 12 do Plano Nacional de Educação. Também foi realizada a posse dos integrantes e da presidente do órgão técnico, deputada Stela Farias (PT). Representantes do Fórum de Educação de Jovens e Adultos do RS e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Alvorada participaram da cerimônia.

A partir da instalação, a comissão terá 120 dias de funcionamento. A primeira reunião, para definição do plano de trabalho e escolha do vice-presidente e do relator, ocorre na próxima semana.

Em seu discurso, Stela Farias relatou que a necessidade de debate do tema surgiu a partir da instalação da Frente Parlamentar em Defesa da Educação de Jovens e Adultos, em setembro de 2017, e ficou mais evidente com a realização da audiência pública da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia em abril desse ano. "A educação de jovens e adultos no Rio Grande do Sul e no Brasil é um trabalho muito importante e muito bonito porque dá oportunidade de jovens e adultos fazerem sua formação", destacou.

A parlamentar criticou ainda o congelamento, por 20 anos, de investimentos na educação, por meio da Emenda Constitucional 95 do governo federal, e o fechamento de turmas de EJA no RS. Segundo Stela, mais de 2500 turmas foram fechadas nas escolas estaduais durante o governo Sartori. "Um dos objetivos da Comissão Especial é chegar ao número mais exato sobre o número de turmas de EJA que já foram encerradas", anunciou.

Nelsinho Metalúrgico, em nome da Presidência da Casa, destacou a reconhecida militância de Stela na área de educação e destacou a importância do tema a ser discutido pelo órgão técnico em virtude do número de analfabetismo e de baixa escolaridade no país, principalmente nas camadas mais baixas da sociedade. "Esperamos que a comissão consiga resgatar a importância do ensino formal para jovens e adultos e se contrapor ao fechamento das escolas, garantindo a manutenção das turmas de EJA e até sua ampliação", finalizou.

Composição
Além de Stela, são titulares da comissão as deputadas Miriam Marroni (PT), Juliana Brizola (PDT) e Any Ortiz (PPS) e os deputados Álvaro Boessio (PMDB), Tiago Simon (PMDB), Gilmar Sossella (PDT), João Fischer (PP), Ernani Polo (PP), Maurício Dziedricki (PTB), Adilson Troca (PSDB) e Bombeiro Bianchini (PR).

São suplentes as deputadas Regina Becker Fortunati (PTB) e Silvana Covatti (PP) e os deputados Nelsinho Metalúrgico (PT), Luiz Fernando Mainardi (PT), Gilberto Capoani (PMDB), Edu Olivera (PDT), Gerson Burmann (PDT), Sérgio Turra (PP), Pedro Pereira (PSDB) e Missionário Volnei (PR).

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine