Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
01/09/2021

Uma  das mais destacadas regentes brasileiras, Ligia Amadio conduzirá o próximo concerto da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa). Atual regente titular e diretora artística da Orquestra Filarmônica de Montevidéu, Ligia abriu caminho no difícil mercado da música de concerto para outras mulheres, como Priscila Bomfim, que regeu a Ospa em 28 de agosto. No próximo sábado (4/9), Ligia conduz a orquestra por obras de Saint-Saëns e Tchaikovsky. O solista do dia é André Carrara, integrante da Ospa considerado um dos grandes pianistas do país.

A Ospa se apresenta todos os sábados, às 17h, na Casa da Ospa. No local, o público está limitado a 300 pessoas, equivalente a menos de 30% da lotação. Há sempre transmissão ao vivo e gratuita pelo YouTube. O ingresso é 1 quilo de alimento não perecível (veja detalhes no serviço abaixo).

O concerto será o reencontro de Ligia com a Ospa – em 2011, ela foi a primeira mulher a reger um concerto de abertura de temporada da orquestra. Precursora entre as maestrinas brasileiras, já foi regente titular e diretora artística de importantes orquestras no Brasil, na Argentina e na Colômbia. Hoje, com 57 anos, dirige a Orquestra Filarmônica de Montevidéu, sendo a primeira mulher a ocupar um cargo dessa envergadura no Uruguai.

Além de ser uma referência para outras maestrinas, Ligia está à frente de iniciativas para a inclusão das mulheres na profissão. “No passado, a grande precursora de todas nós foi Chiquinha Gonzaga, ainda que não tenha tido uma carreira como regente, mas certamente sou a primeira brasileira a ser regente titular de diversas orquestras sinfônicas profissionais e a primeira a reger orquestras em diversos países da América Latina como convidada”, pontua. No entanto, ela enxerga uma mudança em curso: “Tive e ainda tenho que lidar com preconceito de gênero, como qualquer outra mulher, mas a sociedade como um todo está evoluindo neste sentido”.

Em 2021, a Ospa tem realizado diversas homenagens ao compositor Camille Saint-Saëns (1835-1921), em virtude do centenário da sua morte. Depois de O carnaval dos animais e de Concerto para piano nº 5, chegou a vez de uma peça menos famosa: a Sinfonia nº 2 em lá menor. A obra foi composta em 1859 e estreada no ano seguinte, em Paris, sob a regência de Jules Pasdeloup.

Para Ligia Amadio, a sinfonia é “vigorosa e brilhante”. Apesar do nome, foi a quarta sinfonia composta pelo compositor. “É revelador que sua quinta e última sinfonia (conhecida como ‘Sinfonia nº 3, com órgão') só tenha sido concebida 27 anos mais tarde”, comenta a maestrina.

Pela primeira vez nesta temporada, a Ospa interpreta o mais célebre dos compositores russos: Piotr Ilitch Tchaikovsky (1840-1893). O Concerto nº 1 para piano e orquestra é uma das obras mais populares do gênero e estreou em Boston, Estados Unidos, em 1875. O solo de piano ficará por conta de André Carrara, que já foi premiado por sua interpretação dessa peça desafiante. “É um concerto de fôlego, muito lindo, inspirado, romântico. Exige bastante fisicamente do pianista porque é preciso ter resistência para tocar passagens com acordes rápidos e repetidos”, explica o pianista.

Ligia Amadio (regente – Brasil)
Ligia Amadio é uma das mais destacadas maestrinas brasileiras da atualidade. Atuou como regente titular e diretora artística em importantes orquestras e desde 2017 dirige a Orquestra Filarmônica de Montevidéu, sendo a primeira mulher a ocupar um cargo dessa envergadura no Uruguai. Entre os diversos prêmios que recebeu, destacam-se o Concurso Internacional de Tóquio (1997) e o 2º Concurso Latino-Americano para Regentes de Orquestra em Santiago do Chile (1998). Em 2018, recebeu a Ordem de Rio Branco, a mais alta condecoração da Diplomacia Brasileira. Liderou e impulsionou o Movimento Mulheres Regentes e realizou os 1º, 2º e 3º Simpósios Internacionais Mulheres Regentes. Sua discografia reúne 11 CDs e 5 DVDs, com destaque para a coleção Música brasileira no tempo.

André Carrara (piano – Brasil)
Natural de Ubá, Minas Gerais, André Carrara é pianista da Ospa desde 2004. Desde 2013, atua como pianista colaborador da Escola de Música da orquestra. Paralelamente, mantém carreira como camerista, recitalista e concertista. Gravou em 1997 os 12 Estudos, op. 10, de Chopin. Foi convidado a gravar a 3ª Sonata para Piano de Francisco Mignone. Sua discografia ainda inclui o álbum Notas brasileiras, que percorre o repertório nacional para o duo flauta e piano e Compositores contemporâneos, pianistas brasileiros com a 3ª Sonatina, de Osvaldo Lacerda. É pianista constante nas produções Bell'Anima/RS. Em 2018, gravou para este selo o CD solo Prelúdios, com obra inédita de Vagner Cunha.

Visita segura

Em acordo com as orientações do governo do Estado referentes à pandemia da Covid-19, o concerto seguirá os seguintes protocolos de segurança: ocupação reduzida da Casa da Ospa (menos de 30%), disponibilização de álcool gel aos visitantes, uso obrigatório da máscara, medição de temperatura na entrada, distanciamento social nos espaços de passagem e na ocupação das poltronas da Sala de Concerto. Também é possível acompanhar os concertos da Ospa gratuitamente e ao vivo pelo canal da orquestra no YouTube e pela plataforma #CulturaEmCasa.


Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa)
14º concerto da Série Casa da Ospa – Temporada 2021
Saint-Saëns 100

• Quando: sábado (4/9), às 17h. Abertura das portas: 16h.

• Onde: Casa da Ospa (Centro Administrativo Fernando Ferrari – Caff) – Av. Borges de Medeiros, 1.501 – Praia de Belas

• Ingresso: 1 quilo de alimento não perecível. Bilheteria on-line*: uhuu.com, de quinta-feira (2/9), às 12h, até sexta-feira (3/9), às 11h59. Entrega do alimento no dia do concerto. Bilheteria na Casa da Ospa*: sexta-feira (3/9) e sábado (4/9), das 12h às 17h. Entrega do alimento ao retirar o bilhete.

*Acompanhe a disponibilidade de ingressos pelas redes sociais e pelo site ospa.org.br. Há limite de dois ingressos por CPF.

• Estacionamento: gratuito, no local.

• Acessibilidade: a Casa da Ospa oferece acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida e programas em braile.

• Na internet: ao vivo, gratuitamente, em youtube.com/ospaRS e pela plataforma culturaemcasa.com.br

• Informações para o público: (51) 98608-0141, de segunda a sexta, das 9h às 18h.

PROGRAMA

Regente: Ligia Amadio
Solista: André Carrara (piano)

Piotr I. Tchaikovsky

• Concerto nº 1 para Piano e Orquestra, op. 23

I. Allegro non troppo e molto maestoso
II. Andantino simplice
III. Allegro con fuoco


Camille Saint-Saëns

• Sinfonia nº 2 em lá menor, op. 55

I. Allegro marcato
II. Adagio
III. Scherzo presto
IV. Prestissimo


 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine