Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
04/08/2021

A  infraestrutura rodoviária é um dos fatores mais decisivos para avaliar o nível de competitividade da economia de uma região. Pavimentação, manutenção e duplicação de rodovias contribuem de forma fundamental para a redução das despesas logísticas, além de diminuírem consideravelmente a ocorrência de acidentes graves. Nesse sentido, julho de 2021 já está marcado como o mês em que o DNIT autorizou o início dos trabalhos na principal obra de infraestrutura da região dos Campos de Cima da Serra.


Resultado da luta de muita gente, em diversos momentos, a pavimentação dos oito quilômetros restantes da BR-285, entre São José dos Ausentes e a divisa com Santa Catarina, na Serra da Rocinha, representa muito mais do que uma nova ligação entre os estados do Sul. A rodovia que começa em São Borja, na fronteira com a Argentina, e termina em Araranguá (SC), num total de 744 quilômetros, depende da conclusão na parte gaúcho para consolidar-se como nova alternativa para o modal rodoviário internacional. A ligação do porto de Imbituba (SC) ao porto chileno de Antofagasta formará o corredor bioceânico do Mercosul. Estamos falando da conexão de quatro países e dois oceanos, o que evidencia a importância do projeto. As oportunidades em termos de logística e turismo são inúmeras, desencadeando um novo ciclo de desenvolvimento.


No lado catarinense, as obras estão em ritmo acelerado. Já no Rio Grande do Sul, a empresa vencedora da licitação é a responsável tanto pela atualização e elaboração dos projetos, como pela execução das obras, o que traz eficiência e agilidade ao processo, orçado em R$ 72 milhões, que prevê a pavimentação completa e a construção de uma ponte sobre o Rio das Antas, com 400 metros de extensão.


Ao longo da minha trajetória, acompanhei de perto o avanço da BR-285. Estive junto com lideranças regionais em Brasília lutando pela pavimentação do trecho entre Vacaria e Bom Jesus. Em 1997, como prefeito de São José dos Ausentes, iniciei a luta pela pavimentação do perímetro entre a cidade e o município de Bom Jesus, concluído em 2010. Muitos companheiros foram decisivos na caminhada.


Agora, como deputado representante da Serra gaúcha, obtive apoio de todas as bancadas, em 2019, para a instalar a Frente Parlamentar de Logística e Transportes dos Campos de Cima da Serra, que tem na conclusão da BR-285 a sua principal reivindicação.


Desde então, mantivemos uma série de reuniões com as lideranças, parlamentares federais e órgãos como o DNIT e o Ministério dos Transportes. Com o movimento atingindo o grande objetivo da publicação da ordem de início dos trabalhos, o momento é de seguirmos juntos na fiscalização do projeto e na liberação de recursos para a tão sonhada conclusão da nossa BR-285.


 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine