Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
01/06/2021

O  Procon Canoas realizou um levantamento dos preços de itens de cestas básicas em nove supermercados do município. A pesquisa constatou uma diferença de até 48,46% no valor total das cestas entre o estabelecimento mais caro e o mais barato.

A ação foi realizada entre os dias 12 e 31 de maio. O levantamento de preços aconteceu em 18 produtos, como arroz branco, feijão preto, farinha de trigo, açúcar refinado, óleo de soja, sal refinado, massa com ovos, café, extrato de tomate, vinagre de álcool, leite integral, e itens de higiene e limpeza, como papel higiênico, esponja de louça, sabão em pó, detergente, creme dental e sabonete.

Para a diretora do Procon, Taís Marques, o resultado da ação mostra a importância do levantamento de preços antes das compras. “Antes de saírem às compras, é importante que o consumidor faça uma pesquisa dos valores dos produtos para ter condições de realizar a melhor escolha. O objetivo do levantamento do Procon é trazer um referencial aos canoenses”, explica Taís.

O Procon Canoas dá dicas para driblar os preços mais altos
– Pesquise o valor dos produtos e escolha locais que oferecem as melhores promoções. Aplicativos, como o Menor Preço – Nota Gaúcha, podem ajudar na pesquisa;
– É possível economizar realizando a substituição de produtos;
– Tenha objetividade na hora de comprar. Um dos principais erros que influenciam no orçamento doméstico é sair para fazer compras específicas e acabar levando bem mais do que deveria;
– Fique atento às ofertas do dia de cada supermercado. Para isso, também é importante organizar e planejar os dias de compras;
– Priorize a compra de hortifrutigranjeiros de feiras do seu bairro.

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine