Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
15/05/2021

Na manhã desta sexta-feira, 14,  o secretário municipal da Agricultura e Abastecimento de Gravataí, Denner Gelinger, a convite do ex-prefeito Marco Alba, participou de reunião com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA).

Sob a coordenação do engenheiro agrônomo gaúcho Caio Rocha, Gabriel Delgado e demais representantes da entidade na América Latina, foram apresentadas ao grupo as potencialidades agrícolas de Gravataí, bem como o desenvolvimento do Estudo de Zoneamento Edafoclimático, realizado em parceria com a Embrapa Clima Temperado. O estudo constitui-se em uma ferramenta de organização no planejamento da agricultura, tendo por base o levantamento dos fatores que definem as aptidões agrícolas baseadas, sobretudo, nos atributos dos solos, topografia, declives e clima encontrados em diferentes áreas das regiões estudadas.

O IICA é o organismo especializado em agricultura do Sistema Interamericano que apoia os esforços dos estados membros em sua busca pelo desenvolvimento agrícola e pelo bem-estar rural. Visa a incentivar, promover e apoiar os esforços para o desenvolvimento agrícola e bem-estar rural por meio de cooperação técnica internacional de excelência.

O ex-prefeito ressaltou a importância da atividade primária, em especial a que envolve pequenas propriedades rurais, com perfil familiar, o que é uma característica de Gravataí, que tem 64% de sua extensão territorial de zona rural. “Trabalhamos para fomentar o desenvolvimento de nossa área rural para que as famílias possam dar continuidade a esta atividade tão importante, que é levar alimento à mesa de todos”, afirmou Marco Alba. “Estamos planejando o futuro para nossos produtores, e Gravataí passa a ser conhecida também pelo estimulo agrícola que proporcionamos.”

O prefeito de Gravataí, Luiz Zaffalon, igualmente um entusiasta no assunto, tem em seu plano de governo, como uma das prioridades, o uso da tecnologia. Ressaltando a importância do Estudo do Zoneamento Edafoclimático, Zaffa destacou a “precisão para desenvolver avaliação territorial referente à aptidão agrícola para alcançar a agricultura 4.0, ou seja, incentivo a tecnologias que buscam a otimização da produção e gestão agrícola, em diferentes estágios, aprimorando o controle, o monitoramento e a forma de se trabalhar”.

O secretário Denner apresentou parte das ações realizadas e confirmou a consolidação do estudo realizado como fator de crescimento ordenado da área agrícola do município. “Conhecer nosso território e as condições de clima e solo para plantio das culturas adequadas para cada região nos permite proporcionar ao produtor rural a certeza de que o investimento terá resultados mais do que satisfatórios”, observou o secretário. “Quando a gestão é feita com responsabilidade, alcançamos eficiência no que estamos propondo. Isso é cuidar do cidadão, conferindo-lhe conhecimento e incentivo nas suas ações.”

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine