Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
22/04/2021

O  presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, se reuniu virtualmente com o deputado estadual Faisal Karam no início da tarde desta quinta-feira, dia 22. O assessor parlamentar da Federação, Lucas Schifino, também esteve presente na reunião, que serviu como uma aproximação parlamentar do deputado que tomou posse recentemente.

Bohn explicou sobre a atuação da Fecomércio-RS, representante das empresas do comércio de bens, serviços e turismo no Estado, que atuam nas mais diversas cadeias produtivas da economia. A Federação está presente em todos os cantos do RS através dos mais de 100 sindicatos empresariais filiados e utiliza sua força política e institucional em prol da comunidade gaúcha.

O presidente também explicou sobre como a entidade defende suas pautas dentro do Parlamento gaúcho e como é feita a articulação com os deputados estaduais. Schifino contou como são elaborados os posicionamentos da entidade, através das decisões da Diretoria e Conselhos e Comissões da casa, compostas por empresários de todo o RS. Esses posicionamentos, sendo eles divergentes ou convergentes, são formalizados através de ofícios assinados pelo presidente e enviados aos deputados.

O deputado Faisal Karam, que assumiu a cadeira na Assembleia Legislativa deixada por Luiz Henrique Viana, vem da Secretaria Estadual da Educação, onde era secretário. A pauta que não podia deixar de permear a discussão foi o pedido de retorno às aulas que a Fecomércio-RS vem fazendo ao Governo Estadual. No feriado desta quarta-feira, dia 21 de abril, a Fecomércio-RS participou de uma reunião com o governador Eduardo Leite, secretários estaduais de governo, parlamentares e representantes do setor da educação infantil para tratar da urgência da retomada das atividades presenciais de ensino no RS. Mesmo considerado por lei uma atividade essencial, o ensino presencial nos níveis infantil e fundamental está proibido por uma liminar que veda a retomada das aulas enquanto perdurar o status de bandeira preta.


 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine