Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
Canoas
ESPECIAL/ CORONA VÍRUS
Famurs
Garibaldi
Governo do Estado
Gravataí
OAB
Prefeituras
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
Venâncio Aires
 



 
  
 
 
22/06/2020

Munícipios  terão que comprovar que seus dados estão abaixo da média registrada na região com bandeira vermelha, além de seguir um rigoroso protocolo de segurança sanitária



A mudança na cor da bandeira, que passou de laranja para vermelha na última semana, impactou significativamente a indústria, o comércio e os serviços da Serra Gaúcha. Em dificuldades desde o início da pandemia, empresários e representantes desses setores têm buscado incessantemente um diálogo com o Governo do Estado para que haja mudanças na forma como é feita a classificação dos municípios.



Ao longo da semana diversas reuniões envolvendo representantes de classe, dos hospitais, prefeitos e deputados foram feitas a fim de buscar uma solução para o problema. Após o estudo e a compilação de dados se chegou à conclusão que há possibilidade da região voltar a bandeira laranja já na próxima semana.



“Dos 11 itens avaliados para apontar a cor da bandeira, nossa região melhorou em oito. Tivemos, por exemplo, um acréscimo substancial na oferta de leitos de UTI nos hospitais. Isso é um grande avanço, pois conseguimos baixar a taxa de ocupação que estava acima de 80% para 63%”, explica a deputada Fran Somensi (Republicanos), que estudou profundamente os dados junto às Casas de Saúde.



Caso a situação não se altere e a região siga classificada com a bandeira vermelha, o governo acena com a possibilidade de liberar a abertura do comércio em municípios capazes de comprovar que a sua situação sanitária é melhor, quando comparada com a própria região.



A informação foi trazida pela deputada Fran após reunião realizada no Palácio Piratini com o Governador Eduardo Leite, na tarde desta sexta-feira, 19. “Levamos essa demanda ao nosso governador. Acreditamos ser justa essa possibilidade, de tratar de forma diferenciada os municípios que estão fazendo o ‘tema de casa’. Concordamos que primeiro devemos cuidar da vida, mas entendemos que é possível fazer isso trabalhando, seguindo os protocolos e tomando todos os cuidados necessários”, pondera Somensi.



Na oportunidade a deputada entregou um documento elaborado pelo CDL, Sindigêneros e Sindilojas de Farroupilha com as demandas da categoria. Neste sábado as bandeiras serão atualizadas. Após o anúncio as prefeituras terão até às 8h da manhã de segunda-feira, 22, para contestar os dados. Na terça-feira entra em vigor a nova classificação.



A bandeira atual da região da Serra (vermelha) vale até o final da segunda-feira, 22.


© Agência de Notícias

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine