Porto Alegre,
 
        
 
       
Agenda
Artigos
Assembleia Legislativa
Canoas
Famurs
Federasul
Governo do Estado
OAB
Prefeituras
 



 
  
 
 
10/06/2019

A  Praça da Bandeira já respira os ares das letras, histórias e de personagens marcantes. Isso porque, desde o sábado (8), o local recebe a 35ª edição da Feira do Livro de Canoas. O fim de semana que marcou o início das atividades já registrou bom movimento entre as bancas. O domingo (9) foi marcado pela palestra do escritor homenageado nesta edição, Leo Chaves. A Feira do Livro de Canoas vai até o próximo domingo (16) e conta com atividades diárias, como sessões de autógrafo, lançamento de livros, encontro com escritores, oficinas e contação de histórias.

Conhecido pela brilhante carreira na música, ao lado do irmão Victor, o cantor Leo Chaves é também um escritor e apaixonado pelos livros. Em 2017, ele lançou “No colo dos Anjos”, um livro que mistura ficção e autobiografia. Como escritor homenageado na 35ª Feira do Livro de Canoas, ele subiu ao palco na tarde do domingo, desta vez, não só para cantar, mas para também para transmitir conhecimento. Durante mais de duas horas, ele conversou com uma plateia, que reuniu pessoas de várias cidades, sobre conceitos de inteligência emocional, superação e crescimento pessoal, os quais ele aprendeu ao longo de sua trajetória. “A literatura tem me levado em lugares que ainda não tinha ido com música. Além disso, é também uma forma de me expressar de diferentes formas, fazendo com que as pessoas me conheçam não só por aquilo que eu canto, mas também pelo que escrevo, penso e conheço”, afirmou o autor. Leo Chaves ainda aproveitou para elogiar Canoas pelo espaço dado à cultura e à literatura na cidade, reforçando que isso devia ser exemplo para todo o país.

Abertura reuniu autoridades

A cerimônia de abertura da 35ª edição da Feira do Livro de Canoas contou com a participação de diversas autoridades. Entre elas, os prefeitos de Canoas, Luiz Carlos Busato, e de Esteio, Leonardo Pascoal. A cidade vizinha é a homenageada neste ano pela Feira. Para Busato, a Feira do Livro é um dos mais importantes eventos culturais que a cidade pode promover para seus cidadãos. “Os livros dão pernas para gente viajar pelo mundo inteiro, outras galáxias ou até mesmo para o lado da nossa casa. A literatura, junto da educação e do esporte, tem a capacidade de dar oportunidades ao jovens para que não caiam no mundo do crime. Aqui em Canoas, temos trabalhado muito para desenvolver esse tripé de cultura, esporte e educação, para possibilitar à juventude mais oportunidades de futuro”, destacou. Já o prefeito de Esteio observou a quão “significativo é, para as próximas gerações do país, dar esse olhar mais atento aos pequenos”.

E os pequenos serão protagonistas desta edição. Nesta semana, mais de 15 mil alunos de escolas de Canoas devem passar pelas bancas da Feira do Livro. O contato com a literatura é fundamental na formação dos jovens cidadãos. “A cultura é a essência da pessoa, é o caminho para construir uma sociedade mais justa e melhor. Aqui em Canoas, desde 2017, estamos fazendo um trabalho que leva atrações culturais para todos os cantos da cidade, todas idades e classes sociais. É um trabalho descentralizado que busca abraçar e integrar toda a cidade através das mais variadas expressões culturais”, informou o secretário da Cultura e do Turismo de Canoas, Mauri Grando.

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine