Porto Alegre,
 
        
 
       
Agenda
Artigos
Assembleia Legislativa
Canoas
Famurs
Governo do Estado
OAB
Prefeituras
 



 
  
 
 
09/05/2019

A  Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSU) iniciou a mudança nos locais que estão recebendo os Pontos de Entrega Voluntária (PEV), fazendo a limpeza, a revitalização dos espaços e colocando as caixas estacionárias. O projeto faz parte das etapas de implantação da Usina de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil. A partir da sexta-feira (17), o descarte deve ser feito exclusivamente nos PEVs. A operação está sendo testada em 15 pontos da cidade. Numa segunda etapa, mais 15 locais receberão os PEVs.

Dentro do mapeamento da SMSU, Canoas possui 43 pontos críticos de descarte irregular de lixo. Desses pontos, foram escolhidos os 15 mais críticos da cidade para fazer o teste com as caixas estacionárias identificadas em verde e branco. Dentro delas podem ser depositadas resíduos verdes, como galhos de árvores, entulho da construção civil, móveis e madeiras. Todo o material será levado para o Distrito Industrial Jorge Lanner e passará por triagem.

Durante a instalação dos pontos na Rua Itamar Mattos de Maia, no Bairro Niterói, Osmar Adão Kulure, de 76 anos, acompanhou a colocação das caçambas com esperança que, em algum tempo, possa modificar a postura de quem descarta materiais no local. “A prefeitura vem, limpa e em menos de dez minutos alguém chega para sujar. Sempre que alguém encosta aqui para descartar, a gente tenta convencer a não deixar o lixo aqui. Dessa vez eu espero que funcione”, comentou.

Para o secretário municipal de serviços urbanos, Marcos Daniel Ramos, são iniciativas como a de Osmar que podem garantir o pleno funcionamento dos pontos. “Os PEVs só funcionam com a ação fiscalizadora dos moradores do entorno para auxiliar quem for utilizar os pontos, contribuindo também não colocando lixo doméstico, pois esse é recolhido pela coleta manual”, disse.

Os outros materiais que são facilmente encontrados nesses pontos de descarte, como os recicláveis, plástico, papel, papelão, eletroeletrônicos, lâmpadas, medicamentos, pneus e óleo de cozinha, por exemplo, devem ser encaminhados a um dos cinco ecopontos espalhados pela cidade, que funcionam das 8h às 18h. Os endereços podem ser conferidos aqui.

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine