Porto Alegre,
 
        
 
       
Agenda
Artigos
Assembleia Legislativa
Canoas
Famurs
Governo do Estado
OAB
Prefeituras
 



 
  
 
 
15/09/2018

O  partido político como organização burocrática que tem por objetivo conquistar e exercer o poder político, dotados de uma ideologia, ainda que superficial, é uma organização que defende o interesse de um segmento da população. Com o objetivo primeiro de promovê-la, organiza-se para disputar eleições, conquistar cargos e assim, fazer valer seus pontos de vistas. Embora o termo “partido político” seja aplicado a praticamente todos os grupos organizados que buscam conquistar o poder, seja por meio de eleições democráticas ou até mesmo por golpes, eis que essas agremiações se espalharam pelo mundo inteiro, principalmente no século passado, seja por meios democráticos ou, algumas vezes, pelos grupos no poder em regimes totalitários.

A atual configuração de partido político nasceu na Europa e nos Estados Unidos no século XIX, com a influência dos sistemas parlamentares e eleitorais que surgiram naquela época.

Em nosso país, os mesmos são regulados pela Lei nº9.096/95 e pela Constituição Federal e as origens do Partido Progressista estão ligadas ao processo de redemocratização do Brasil, a partir do momento de discussão da sucessão do presidente João Baptista de Figueiredo, como partido de apoio ao governo, à época o Partido Democrático Social, que, inclusive, tinha o condão de impedir a volta da prática das eleições diretas.

O PDS passou por um declínio na oposição, e quando esperava por melhores dias, preservava seus espaços, mas assistindo a fragmentação do quadro partidário brasileiro, embora aumentando ao sabor das crises políticas, que decorrem no período posterior à Constituinte de 1988.

Ainda incompreendido por alguns, e por outros até por má vontade, o partido progressista tem em seu cerne a defesa da não intervenção do estado, ficando este com guardião das suas funções precípuas, como promover a segurança, a saúde e a educação, não defendendo, pois, um estado que não produza a concorrência com a iniciativa privada.

No Brasil, atualmente, o partido progressista é um ícone da defesa de um posicionamento ideológico, acompanhado pelos Democratas, que ainda mantém um linha de independência e coerência, no enfrentamento das questões políticas, econômicas e sociais, com uma missão comum de buscar o bem estar da população, bem como a inclusão social de todos os setores.
De bom alvitre, que preguemos a premissa de que a política é uma ciência, e, muito séria, como também muito limpa, para que paremos de ouvir calados de que a política está podre. O que está podre é a conduta equivocada de algumas pessoas, que por isso contaminam a política, que é o hospedeiro das pessoas.

Vamos à luta, e em este ano podemos mudar tudo. Até mesmo nos redimir de equívocos do passado.



 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine