Porto Alegre,
 
        
 
       
Agenda
Artigos
Assembleia Legislativa
Canoas
Famurs
Governo do Estado
OAB
Prefeituras
 



 
  
 
 
12/09/2018




A  decisão de participar de um consórcio (ou até mesmo de mais de um) é sinônimo da consciência de que sozinhos não podemos resolver nossos problemas. Para os pequenos, é a forma de encontrar volume seja em compras ou em serviços; para os maiores, é a possibilidade de consolidar-se como referência regional ou microrregional.
Se consorciar é uma decisão do executivo referendada pelo legislativo, mas identificar as oportunidades e explorar ao máximo é uma característica de um gestor arrojado, inovador e que entende que é preciso buscar verdadeiramente as oportunidades e fazer diferente.
Pensar em consórcios é pensar nas regiões, é realizar projetos que vislumbrem verdadeiramente propostas que possam ter sequência, mesmo quando administrações forem encerradas. Um plano plurianual de uma região poderá, sem dúvida, direcionar as administrações futuras de um município, prospectando interesses em diferentes áreas como: saúde, agricultura, turismo e meio ambiente. É nele que definimos prioridades e potencialidades regionais de crescimento em conjunto, podendo, com isso, elaborar projetos de interesse mútuos e encaminhá-los aos bons gestores que não servem a interesses pessoais ou partidários, mas, sim, às boas práticas de governança.
Desenvolver políticas públicas eficientes, gerando a efetividade das ações, é conceito da nova gestão pública e, nos consórcios, enxergamos um terreno fértil para isso. A possibilidade de contratação de especialidades em diferentes áreas ou de capacitar corpo técnico, somam esforço, recursos e garantem o pensamento conjunto. Cada município pode desenvolver seu planejamento, que deve ser compatível com a proposta da região.
Não se cresce sozinho, nem município grande, nem município pequeno. Região grande e forte vem de gestores grandes e fortes! Unidos, enfrentamos dificuldades com mais facilidade. Unidos, encontramos saídas mais profícuas. Unidos, ganhamos força política!

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine