Porto Alegre,
 
        
 
       
Agenda
Artigos
Assembleia Legislativa
Famurs
Governo do Estado
OAB
 



 
  
 
 
11/04/2018

A  Frente Parlamentar em Defesa das Guardas Municipais, proposta e coordenada pelo deputado estadual Gilmar Sossella (PDT), foi instalada nesta quarta-feira (11) na Assembleia Legislativa. A solenidade ocorreu na sala da Presidência e reuniu representantes da categoria que atuam em Porto Alegre, São Leopoldo, Canoas, Novo Hamburgo, Estância Velha, Santa Maria e Pelotas.

Ao todo, são mais de 4 mil profissionais com trabalham no policiamento preventivo e na guarda de patrimônio, distribuídos em mais de 50 municípios gaúchos. “A valorização das Guardas Municipais é importante no momento atual em que vivemos no Brasil, onde a população tem colocado a segurança na frente de temas como saúde e educação. Não há outro caminho para superar o flagelo na área da segurança, senão a união de todas as forças possíveis e estaremos juntos nesta luta”, destacou Sossella.

Entre os objetivos da Frente Parlamentar está a busca pela inclusão das Guardas Municipais na Constituição Federal como órgão de segurança; a viabilização de consórcio para implementar academia de formação de guardas municipais; a isenção das viaturas em praças de pedágios; e o desenvolvimento de um programa de incentivo para criação de Guardas Municipais.

O presidente do Sindicato dos Guardas Municipais do Estado do Rio Grande do Sul (Sindiguardas), Robson Camargo Lima e Silva, destacou a importância da iniciativa para toda a categoria. “Vai ter um andamento de processo, de crescimento e de firmamento das Guardas como órgão de segurança pública. É muito importante trazer este debate para dentro da Casa, cada vez com mais força e afinco, para que possamos encontrar soluções e dar mais condições para as Guardas atuarem”, salientou.

O pioneirismo da Assembleia gaúcha em discutir a regulamentação das Guardas Municipais foi relembrada pelo presidente do Parlamento, deputado Marlon Santos (PDT). “A criação dessa Frente Parlamentar mostra que a Assembleia gaúcha integra, agrega, é responsável. E temos consciência de que sem as Guardas Municipais, a segurança pública fica falha”, enfatizou.

Também estiveram presentes no evento a vice-presidente do Sindiguardas, Maureen Silva da Silva; deputados Ronaldo Santini (PTB), Juliano Roso (PCdoB) e Edson Brum (PMDB); secretária adjunta de Segurança de Porto Alegre, Cláudia Rocha; representantes do Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul, André Moura e Fabio Leandro; e os vereadores de Camaquã, Claiton Silva, Marcelo Lampe Gouveia (Marcelinho) e Ronaldo Soares Ulguim (Ronaldinho), entre outros.


 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine